Breve história do teatro musical no Brasil

Imagem

O teatro musical no Brasil se originou, mais precisamente, por volta de 1859, com a fundação do Alcazar Lírico por artistas franceses, no Teatro Ginásio do Rio de Janeiro. O espetáculo chamou-se As Surpresas do Sr. José da Piedade, de Justiniano de Figueiredo Novaes.

Inovando as peças teatrais, transformando-as em operetas e ações curtas, todas de caráter satírico de inspiração francesa, o teatro musicado tornou mais acessível o teatro ao grande público.

Uma das grandes compositoras do teatro de resvista brasileiro foi Chiquinha Gonzaga, Arthur Azevedo e Carlos Gomes.

Teatro Recreio (1924), de Manoel Pinto, que iniciou um período de grandes espetáculos, abrigando autores e atores próprios.

Importante ressaltar que o teatro de revista visava a agradar a diferentes segmentos da sociedade,mas seu foco era a pequena burguesia. Os elementos que a caracterizam são demonstrativos disso. A forma popular de representação abrangia a ópera-cômica, a opereta, o vandeville (interpretação de canções curtas, ligeiras e satíricas) e a revista.

Destacavam-se como elementos composicionais de uma revista o texto em verso, a presença da opereta(da comédia musicada), o fandango, o samba, e em tempos modernos a bossa nova.

Destacam-se:

No Tabuleiro da Baiana Tem, Cantoras do Rádio, Taí, Sassaricando, Bandeira Branca, Meu Ébano, Meu Coração Faz Tica Tica Bum.

A questão visual era uma grande preocupação, a coreografia foi em peças deste gênero, pois fazia-se necessário manter o “clima” alegre, descontraído, ao mesmo tempo em que se revelava, em última instância, a hipocrisia da sociedade. Para isso, os cenários criados eram fantasiados e multicoloridos, a fim de apresentar uma realidade superdimensionada. O corpo, neste contexto, era muito valorizado, fosse pelo uso de roupas exóticas, pelo desnudamento opulento ou pelas danças.

Imagem

Para os brasileiros o teatro musical parece uma descoberta muito recente.

O teatro nasceu musical. Os primeiros atores eram contadores de histórias que cantavam e dançavam em seus monólogos. O teatro viveu suas eras de ouro com as Óperas italianas. No Brasil o musical inspirado nas peças americanas fez muito sucesso nos anos 50. Compositores renomados do nosso país criaram musicais, em especial Chico Buarque e Vinicius de Moraes.
 A principal diferença dos Musicais para as peças comuns está na união muito bem dosada de teatro, canto e dança. Quanto mais integradas estiverem as habilidades, melhor o ator. O assunto da peça, a trama, deve estar extremamente distribuída por essa integração. Se não cobrarmos que nossos atores cantem e dancem, eles nunca irão fazê-lo.
Imagem
Fontes:
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s